PSF Rural não funciona por falta de enfermeiro, denunciou um cidadão à vereadora Nágila

 

Publicado em: 25/04/2012 00:00

Whatsapp

 


A vereadora Nágila Andrade Maluf Garcia, do PSC, reproduziu na Tribuna da Câmara, na reunião do dia 17 de abril, a denúncia de um cidadão de que o PSF Rural não está funcionando. O motivo seria a falta de um enfermeiro “padrão” para trabalhar no local.


“Eu recebi essa reclamação e não sei por que não está funcionando”, revela a vereadora. “Acredito que a verba [do Ministério da Saúde] está vindo, então não tem porque o PSF ficar sem enfermeiro”, exclama. “E sem enfermeiro o PSF não pode atender a população”, ressalta.


Na mesma reunião, o vereador Adriano Morais, do PMDB, já havia denunciado o “sumiço” da perua Kombi que transportava os agentes do PSF Rural.


“Eu, sinceramente, não entendo porque aquilo lá está parado. Temos enfermeiros na cidade procurando emprego, temos enfermeiros e enfermeiras no quadro de funcionários da prefeitura em desvio de função, porque não contrata ou coloca alguém que já é funcionário para atuar lá?”, questiona Nágila.


“Aquilo lá custou dinheiro, vem verba federal para manter o programa funcionando e a população de Itapagipe carece de atendimento digno na Saúde. Então, fica aqui o meu apelo para a administração para que veja o que está acontecendo, porque está totalmente abandonado. Faz muito tempo que não aparece este enfermeiro lá e a gente sabe o risco das pessoas irem lá com problemas de saúde e não ter um profissional para recebê-lo”.


Ouvidoria

Nágila também comentou sua indicação para a criação da Ouvidoria Geral do Município. “Quero falar da minha indicação de criar a ouvidoria porque, creio eu, que o sucesso da administração vem com a participação do povo. Esta ouvidoria é um órgão que faz esta ligação do povo com a administração pública e que auxilia na solução dos problemas. A pessoa chega na ouvidoria e leva o problema, facilitando o trabalho da administração. Dá para fazer assim uma administração com eficiência e isso também facilita a transparência.”