NOTÍCIAS

Câmara de Vereadores realiza sua 16ª Reunião Ordinária do ano

A Câmara Municipal de Itapagipe realizou, na noite de terça-feira (19/09), sua 16ª Reunião Ordinária.  Presidida pelo Presidente Luiz Leonel Filho (Luizinho) e com a presença de todos os vereadores, a Câmara deliberou e votou importantes Projetos e indicações.

 No início da Reunião, o Presidente da Casa concedeu o uso da tribuna livre ao Senhor Humberto Souza Vasconcelos, onde discorreu sobre a reabertura do clube de nossa cidade (Rotary Clube) e os projetos sociais em andamento. Falou ainda sobre a importância do Clube nesta cidade, pois é uma instituição que presta serviços voluntários.

 

PROJETOS

Logo depois, foi apresentado o Projeto de Lei Municipal n°206 de 30 de agosto de 2017, que dispõe sobre o Plano Plurianual para o Quadriênio 2018/2021 e dá outras providencias. Agora o Projeto segue para as comissões competentes da Casa que irão emitir, dentro do prazo regimental, seus pareceres.

Em seguida foram aprovados cinco importantes Projetos:

Por unanimidade, foi aprovado o Projeto de Lei n° 208 de 15 de setembro de 2017 que autoriza o poder Executivo Municipal a abrir Crédito Adicional de Natureza Especial na forma que especifica e dá outras providências no valor de no valor de R$ 190.545,80 (Cento e Noventa Mil, Quinhentos e Quarenta e Cinco Reais e Oitenta Centavos), com a finalidade de cobrir as despesas a se verificarem com a execução do Convênio n° 847053/2017 celebrado entre o Município de Itapagipe e o Ministério dos Esportes, tendo como objeto Implantação de 01(um) núcleo do Projeto Seleções do Futuro, para o atendimento de beneficiados com idade de 06 a 16 anos, no Município de Itapagipe/MG.

Em seguida foi aprovado, por 07 votos favoráveis e 01 voto contrário do vereador Adriano Ferreira de Morais, o Projeto de Lei Municipal n°209 de 15 de Setembro de 2017, que autoriza o Poder Executivo Municipal a abrir Crédito Adicional Suplementar no Orçamento Geral do Município – Exercício de 2017, no valor de R$ 4.960.457,08(quatro milhões, novecentos e sessenta mil, quatrocentos e cinquenta e sete reais e oito centavos), com o objetivo de possibilitar o pagamento da folha dos servidores públicos municipais até o encerramento do presente exercício, inclusive os decorrentes de programas especiais. Para a cobertura deste Crédito Adicional Suplementar, serão utilizados recursos provenientes da anulação parcial ou total de outras dotações orçamentarias.

Aprovado também, por 07 votos favoráveis e 01 voto contrário do vereador Adriano Ferreira de Morais o Projeto de Lei Complementar nº 69 de 21 de agosto de 2017, que altera a Lei Complementar nº 06 de 14 de dezembro de 2001, com alterações introduzidas pela Lei Complementar nº 03 de 08 de dezembro de 2003 e da outras providências. O intuito, do referido Projeto, é adequar-se à Constituição Federal de 1988, que tem como premissa a correta distribuição da arrecadação da receita tributária entre os entes federados: Legislativo, Executivo e Judiciário, em compatibilidade com a norma superior e, também com o Código Tributário Nacional.

 No caso do ISSQN, a competência de legislar sobre a matéria é do município, mas com a alteração da Lei Complementar 116/2003 pela Lei Complementar 157/2006, que modificou e trouxe novidades legislativas.

A Lei Complementar 157/2006 concedeu o prazo de um ano para os municípios se adequarem a alteração legislativa. O projeto de Lei Complementar 69/2017, encaminhado pelo executivo e aprovado em sessão do legislativo respeitando o principio da anterioridade (Art.150, III, “b” e “c” da CF /88).

Aprovado pela Câmara Municipal, com um voto contrário do Vereador Adriano Ferreira de Morais, o Projeto de Lei n° 204 de 21 de agosto de 2017, que versa sobre a celebração com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S/A – BDMG de operações de créditos até o montante de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) que serão destinados ao financiamento de Projetos de Infraestrutura Urbana no âmbito do Programa de Modernização Institucionais e Ampliação da Infra- Estrutura em Municípios do Estado de Minas Gerais – BDMG Urbaniza.

Os recursos serão destinados para construção de duas pontes, sendo uma sobre o córrego Brejinho, interligando a Avenida Nove ao Bairro Jardim Menezes e uma sobre o córrego Lageado, interligando os Bairros Afifa Jabur, Jardim Costa ao Centro da cidade e demais bairros. Além destas obras os recursos também serão voltados para a implantação de Galerias de Águas Pluviais e a extensão da Rede de Iluminação Pública.

Aprovado, por unanimidade o Projeto de Lei n° 207 de 01 de setembro 2017, que autoriza a concessão de subvenções e auxílios financeiros no exercício de 2018, para as entidades que mencionadas e dá outras providências. Abaixo valores e entidades descritos:

ENTIDADE

VALOR– R$

Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – APAC – de Frutal/MG

60.000,00

Abrigo Jerônimo de Paula Assunção - Itapagipe/MG

10.000,00

Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE –Itapagipe/MG

10.000,00

Associação Obras Sociais Chico Xavier – Itapagipe/MG

5.000,00

Fundação Faculdade Regional de Medicina São José do Rio Preto (Hospital de Base) – São José de Rio Preto/SP

15.000,00

Fundação Pio XII – Barretos/SP

15.000,00

Sindicato Rural de Itapagipe – Itapagipe/MG.

80.000,00

Associação dos Universitários de Itapagipe – ASSUITA.

100.000,00

CEREA – Centro de Recuperação do Alcoólatra – Itapagipe/MG.

5.000,00

SUBTOTAL

300.000,00

Contribuições a EMATER – MG.

124.000,00

Contribuições à AMM (Associação Mineira de Municípios).

12.000,00

Contribuição à CNM (Confederação Nacional dos Municípios).

9.660,00

Contribuição à AMVARIG (Associação dos Municípios do Baixo Vale do Rio Grande).

36.000,00

TOTAL         

481.660,00

 

INDICAÇÕES:

O Vereador Adriano Ferreira de Morais apresentou indicação nº. 062/2017, na 16º Reunião Ordinária da Câmara, solicitando à Prefeita Municipal que seja providenciado um espaço fora do perímetro urbano nesta cidade, para a prática de som automotivo. Segundo o vereador esse espaço seria para que os donos de som automotivo possam aumentar o volume sem causar transtornos à população. Dessa forma, os jovens poderão ouvir som alto num lugar iluminado e seguro, sem causar poluição sonora no perímetro urbano. Tal pedido atende à recomendação no que diz respeito à perturbação do sossego causada por veículos equipados com som de alta potência. Adriano reivindicou ainda que seja estudada a possibilidade de manter hasteadas a Bandeira Nacional, do Estado e do Município nos prédios públicos de Itapagipe, de acordo com a Lei.

 

TRIBUNA :

Na parte final da Reunião Ordinária, o vereador Idivaldo Andretta (formiguinha) falou sobre sua preocupação com o desemprego na cidade, principalmente com os adolescentes.

Em seu pronunciamento, o vereador Adriano Ferreira de Morais (Adrianinho do Deca) usou a tribuna livre da Casa para discorrer sobre o fato de que a Prefeita não respondeu aos seus ofícios encaminhados a ela, não respondeu ao pedido de informação referente ao projeto nº 204 que diz respeito ao BDMG. Disse também - “Essas audiências públicas realizadas no período da manhã, não permite que a população participe, pois nesse horário as pessoas estão trabalhando, teria que ser realizada à noite, pois assim, só não participa quem não quer – relatou o vereador”.

Ainda na parte final da reunião, o nobre Edil Wilson Paula Rodrigues (Cascão) usou a tribuna, dizendo que atual administração já pegou a Prefeitura em uma situação difícil, mais já provamos que estamos indo bem - “Até hoje nenhum funcionário deixou de receber antes do dia trinta” – disse o vereador.

Logo depois, quem usou a tribuna foi o vereador Orides José Barbosa que disse, que o importante é fazer com que Itapagipe progrida, - “Eu sempre procurei fazer o trabalho com transparência e dignidade, cada um de nós devemos nos preocupar consigo mesmo e não fomos eleitos para desrespeitar os colegas, pois tem vereador que diz saber de tudo e os demais não sabem de nada, temos que representar a população e trabalhar unidos pelo povo, sem críticas, difamação, existe oposição é normal – finalizou”.

 O vereador Sézio Francisco da Silva também usou a tribuna e disse – “Não sou muito de falar, mais procuro ajudar muitas pessoas, e fazer remanejamento é normal, isso é legal, não é roubo - indagou”.

Por fim o Presidente da Casa Luiz Leonel Filho informou aos presentes que quando ele pede ordem no plenário, ele está seguindo ao regimento interno.

 

 

 

Voltar

NOTÍCIAS

VEJA MAIS

LINKS

FALE CONOSCO

CÂMARA MUNICIPAL DE ITAPAGIPE

  • E-mail:

    contato@cmitapagipe.mg.gov.br

  • Endereço:

    Av. 05, nº 330 - Centro - Itapagipe/MG

  • Telefones:

    (34) 3424-2106

    (34) 3434-1735

  • Horário de atendimento ao público:

    12h:00min. às 17h00min.


SIGA-NOS

O seu navegador não é recomendado para uma boa navegação neste site.
Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.
Saiba mais...
Google ChromeMozilla FirefoxOpera